Falando aplicativo namorado

Eu ainda não superei meu ex namorado pt.2

2020.06.14 05:37 khopesh_1 Eu ainda não superei meu ex namorado pt.2

 Olá pessoal, hoje eu tenho algumas informações para compartilhar com vocês, pois mesmo tendo apenas pouquíssimos comentários, eles me ajudaram a enfrentar isso de cabeça erguida. Hoje eu tive contato com meu ex namorado por um aplicativo, então eu não me contive e acabei falando tudo que eu realmente pensava, mas a única resposta que tive foi o não, e isso me doeu profundamente mas ao mesmo tempo eu continuei, até certo ponto, onde ele havia me bloqueando no outro aplicativo também. Mas um amigo dele, tinha me enviado um print de uma conversa que eles estavam tendo, onde o meu ex namorado estava falando que o fato de eu ter tentando contato com ele, havia deixado triste, mas então esse amigo pediu novamente para que eu não parasse, pois ele estava sentindo o que era "me ter de volta". Mas gente, eu quero lutar por nós, mas não a ponto de eu me machucar com tudo isso, eu amo ele sim, mas isso está me machucando muito mesmo. Então eu pedi para o amigo dele mandar o seguinte texto para meu ex: " Olha, eu não sei o que você realmente quer, e eu também não sei direito o que eu quero, já faz mais de duas semanas (eu acho), que eu estou indo atrás de você, eu realmente te amo, não vou mentir, eu nunca desisti de você ou da gente antes, eu estou realmente tentando fazer de tudo para ter você comigo de novo, ainda dói como na primeira vez. Mas dessa vez eu estou realmente cansada, não de você, mas sim de ir atrás sempre e não ter resultado nenhum, eu posso até superar, mas isso vai demorar muito tempo, e sem contar que vai ser ruim de verdade, mas eu quero que você fique sabendo que uma hora dessas eu irei na sua casa, nem que seja para conversar e tals, mas olha, eu estou de braços abertos para ti, mas se nada acontecer de verdade, eu vou ter que deixar você para trás... " Gente, eu estou realmente confusa com tudo isso, pois eu amo muito ele de verdade, mas eu tentar e tentar tá me machucando também, e isso acabou me levando até tentar tirar a minha própria vida, mas o bom é que nada aconteceu. Será que realmente vale a pena ir atrás de alguém que me deixou chorando no lado de fora da casa dele? Será que realmente vale a pena ir atrás de alguém que disse com todas as palavras que nunca mais queria me ver na vida dele? Essas dúvidas me torturam, pois eu não sei o que fazer, nem como me sentir. Obrigado novamente a todos vocês e espero poder dar notícias boas em breve. 
submitted by khopesh_1 to desabafos [link] [comments]


2015.08.10 17:02 vlribeiro Sobre a (in)segurança de denunciar um taxista

Oi, pessoal, venho relatar um caso que aconteceu comigo e meu namorado no último sábado e gostaria de ver histórias semelhantes e entender como vocês pensam sobre a melhor maneira de agir em casos similares.
Estávamos no mercado Zona Sul do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, no último sábado. Estávamos com compras e iríamos para Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, de ônibus, como costumamos fazer. Entretanto, no meio tempo entre acabar de pegar tudo que precisávamos e fechar a conta no caixa, meu namorado começou a passar mal e resolvemos pegar um táxi. Estamos já acostumados a andar de Uber pela cidade, mas abrimos o app e um carro demoraria pelo menos 10 minutos pra chegar. No EasyTaxi, o taxista mais próximo chegaria em 2 minutos. Pela situação, escolhemos o táxi.
Quando o taxista chegou, o carro dele era diferente do que estava descrito no app, a justificativa dele foi que trocou de carro há 2 meses e ainda não conseguiu atualizar. Ele estava com o carro aberto e, uns 5 minutos depois de embarcarmos, perguntou:
- Querem que ligue o ar?
-Isso é medo do Uber, moço? - Respondi e dei uma pequena risada, daquelas pra quebrar a tensão natural e de maneira amigável.
Comecei a prestar atenção no motorista e, como todo taxista, ele foi puxando os assuntos normais... Falando sobre a profissão e tudo mais. Ele tinha um smartphone pendurado no painel do carro, com a desculpa de atender os chamados do EasyTaxi, ele ia alternando entre o aplicativo e o Whatsapp, onde - segundo ele mesmo nos disse - tinha um grupo com vários motoristas de táxi do Rio que passavam o dia dirigindo e trocando mensagens de texto, voz, vídeos e fotos.
Ele pegou o Túnel Rebouças e o elevado Paulo de Frontin praticamente sem parar de olhar pro Whatsapp. Enviando mensagens de voz, tocando as mensagens dos "amigos" sem nenhum pudor de ouvirmos aquelas conversas, os motoristas se zoando, falando merda um pro outro e essa foi a trilha sonora de nossa viagem. Obviamente, estávamos de cinto, pois ele passava mais tempo olhando pra tela do telefone que pra pista.
Durante a conversa, entre outras coisas, ele também disse que quando está livre, não fica circulando. Para em uma esquina e fica esperando o EasyTaxi apitar uma notificação de corrida. Queria saber se ele pode fazer isso. Taxistas que não possuem ponto fixo podem ficar parados em algum ponto da cidade esperando uma corrida indefinidamente?
Ele também disse outras coisas já esperadas de um taxista, como que não leva passageiros que queiram ir "além do Méier" (um bairro da zona norte do Rio) e que se puder, só roda na zona sul. Também se alguém pegar o carro dele indo pra Niterói, ele recusa a corrida. Pelo que entendo, ele também não tem o direito de recusar corridas. Estou certo?
Descemos muito transtornados com todo o conjunto da obra que só serviu pra nos reforçar a ideia de continuar pegando o Uber, enquanto for possível.
Demos 2 estrelas na avaliação do motorista no aplicativo, mas ficamos pensando até que ponto seria seguro fazer uma reclamação mais formal do taxista. Para que órgãos devemos fazer essa reclamação? E não existe o risco de ele ter em mãos nossos dados de cadastro, como telefone, nome, foto e etc?
Como vocês lidam com situações desse tipo? E como podemos fazer uma reclamação formal de um taxista, que dê resultados e que não exponha nossos dados pessoais ao motorista?
submitted by vlribeiro to brasil [link] [comments]